Brasília Vôlei perde para Barueri, mas segue na luta pela classificação

Na noite desta sexta-feira (11), o Brasília Vôlei recebeu o Barueri no Sesi Taguatinga em partida válida pela sexta rodada do returno da Superliga Feminina. Após a boa vitória sobre o Curitiba na última segunda, a equipe comandada por Rogério Portela não conseguiu embalar a sua segunda vitória consecutiva e perdeu por 3 sets a 1, parciais de 25/16, 25/27, 25/21 e 25/21. No turno, a equipe candanga já havia sido derrotada pela paulista por 3 sets a 0 – triplo 25/17, no dia 23 de novembro. Com o

Ceilândia bate Brasília e segue 100% no Candangão

Na tarde deste sábado (29), o Gato Preto recebeu o Colorado no Abadião em um confronto entre líderes que contava com duas das três equipes invictas até então. O alvinegro, que vinha de duas vitórias sobre Gama (3×0) e Santa Maria (3×2) se impôs desde o início e, mesmo com o desfalque de Romarinho – que sentiu desconforto muscular – conseguiu ganhar mais uma na competição para disparar na liderança da tabela. Com o 2×1 no placar, gols de Romário – fazendo valer a lei do ex – e Hyuri (Titico desc

Brasília retorna ao Candangão com vitória sobre o Luziânia na estreia

Para complementar a primeira rodada do Candangão BRB 2022, Luziânia e Brasília entraram no campo do Serra do Lago, em Luziânia-GO, na tarde deste domingo (23), e os visitantes alvirrubros saíram vitoriosos por 2×0, com direito a gol contra do Gérson logo no primeiro minuto de jogo, a gol do Ian Carlos no meio da segunda etapa, e ainda a um pênalti perdido pelo Willian. As duas equipes voltam à campo no meio da semana para jogar a segunda rodada em partidas programadas para o mesmo estádio, o De

1º Campeonato Brasiliense de Queimada acontece neste final de semana

Desde dezembro de 2020 a queimada, brincadeira comum em ruas, quadras poliesportivas e escolas, deixou de ser apenas diversão, pelo menos no Distrito Federal , para ser considerada uma modalidade esportiva. Desde então, a prática vem se tornando cada vez mais comum, e muitas competições começaram a ser organizadas. E agora, o DF terá o 1º Campeonato Brasiliense de Queimada (CBQ), primeira competição oficial do esporte na capital federal. O Instituto Movimentações vem organizando competições com

Brasília segue 100%, goleia, passa em primeiro e pega Brazlândia nas semis

Já classificados para as semifinais da Segundinha 2021, Brasília e Ceilandense fizeram nesta quarta-feira (13), às 15h30, um confronto direto pela liderança do grupo A, valendo benefícios na semifinal – decidir o acesso em casa e vantagem em caso de resultados iguais. Com ambas equipes invictas, era de se esperar um confronto igual, mas os mandantes colorados atropelaram os adversários: 6×0. A vitória garantiu o Colorado no mata-mata com o melhor ataque e como único time 100% da competição. Com

Vai começar a Copa do Mundo de Futebol de Areia com representante do DF

Nascido em Planaltina-DF, Luís Henrique Castro, o LH, também conhecido como “o sem praia” – a modalidade é recheada de atletas que moram em cidades litorâneas – de 30 anos, estreará no torneio nesta sexta-feira (20) às 14h30 contra a Suíça, com transmissão ao vivo da Rede Globo e do SporTV. No início do mês, ele foi convocado para o plantel de 14 brasileiros que jogará o campeonato mundial de beach soccer de 19 a 29 de agosto, em Moscou, na Rússia. O candango fez parte do selecionado canarinho

Árbitros do DF estão reunidos para a Semana Lista FIFA 2022

Desde a segunda-feira (16) até o sábado (21), 53 nomes da arbitragem brasileira estarão concentrados no Rio de Janeiro participando de palestras e orientações com instrutores internacionais, refinando e aprimorando suas técnicas e conhecimentos arbitrais. Dentre eles, três profissionais representam a Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF): a assistente Leila Naiara Moreira da Cruz, o árbitro Sávio Pereira Sampaio e o assistente Daniel Henrique da Silva Andrade. Além da parte teórica, e

Gama empata e fica sem chances de classificação na Série D

O Periquito candango viajou ao interior de Mato Grosso para enfrentar o Nova Mutum, em um confronto de tudo ou nada para o alviverde, somente a vitória servia para manter o time vivo na luta por uma vaga no G4 do grupo A5. Contudo, apesar de sair na frente com Vitor Xavier, o Gama sofreu um empate relâmpago – gol de Matheus Vieira – e, mesmo ensaiando uma pressão na etapa complementar, não conseguiu encontrar o segundo gol. Com isso, o 1×1 fica com um gosto amargo para os candangos, que agora n